Que mudanças são essas que tanto falam? Carros e ônibus sem motoristas, lojas sem caixas, casas que acendem luz, liga a cafeteira, ar condicionado, fecham cortinas, e mais um milhão de coisas que nos surpreendem todos os dias.
Algumas pessoas se assustam com tudo isso e acabam achando que não tem cabeça para acompanhar estas mudanças e preferem fazer de conta que nada está acontecendo e continuam tocando a vida.

No mundo, existem 3 tipos de pessoas:

A – As que observam o que acontece;
B – As que ficam perguntando “o que está acontecendo?”;
C – E as que fazem acontecer.

Nós, que trabalhamos na área comercial, temos que ser as pessoas que fazem as coisas acontecerem, somos desafiados todos os dias a apresentar resultados, temos que mudar, porque se fizermos o mesmo de sempre, acontecerá o que sempre acontece, ou seja, se você quer respostas diferentes, faça diferente.
Mas, como fazer diferente? Fazer diferente é entregar de forma diferente aquilo que você faz todos os dias. Lembre-se, muitas vezes somos apegados àquilo que fazemos há muito tempo e que não temos coragem de mudar, e quando alguém pergunta, a resposta é: “sempre foi feito assim”.

Hoje, como vendedor, tenho que estar ligado nas redes sociais, trabalhar com WhatsApp (zapzap), tenho que pesquisar, deixar o apego de lado e começar inovar nas pequenas coisas, mas todos os dias entregar algo diferente é fazer diferente.

Vejamos um exemplo: vou pedir para você fazer duas coisas:
1º) Cruze os braços.
Agora pode voltar à posição normal.
2º) Faça um círculo numa folha de papel, depois coloque um ponto dentro do círculo e depois divida o círculo em duas partes.
Quando pedi para você cruzar os braços, muito provavelmente você deve ter cruzado da maneira que cruza todos os dias, sem se preocupar que existe outras formas de cruzar os braços, você poderia ter cruzado os braços sobre as pernas, nas costas etc.
Quando pedi para fazer o círculo e colocar um ponto dentro dele, muito provavelmente você deve ter colocado o ponto no meio e feito a linha também. Por quê? Porque sempre foi feito assim, todo ponto deve estar no meio do círculo, e a linha tendo como referência o ponto. Mas não foi isto que pedi, pedi para colocar o ponto dentro do círculo não no meio.
Para podermos trabalhar, fazer diferente e inovar, precisamos ir além. Precisamos entender quais as competências, personas, qualidades, etc que temos que desenvolver em nós para alcançarmos resultados melhores, através da inovação, desse “fazer diferente.”

Existe, na literatura, um conceito que defende quatro personalidades dentro de nós, sendo elas:
Explorador
Artista
Juiz
Guerreiro
Nas próximas edições vamos falar de cada uma delas, e como acompanhar as mudanças e inovações que acontecem no mercado.

2019 começou, e precisamos estar abertos às mudanças que se apresentam diante de nós.
Boas vendas e um ano novo repleto de realizações!

Desafio:
Corte SEIS LETRAS de forma que as letras que ficarem formem uma palavra, sem alterar a ordem:

B S A E N I S L A E N T R A A S

A solução será apresentada na próxima edição.
Até a próxima!

Artigo de Américo José da Silva Filho para o Jornal Novo Varejo.

Autor Cherto Consultoria

Especialista em franchising e expansão de negócios

Mais posts de Cherto Consultoria

Deixe um comentário