Infelizmente, é muito comum que as coisas não ocorram da maneira que planejamos. Assim é a vida. O problema é que, quando nossos desejos não se concretizam, naturalmente ficamos frustrados – e essa frustração pode nos fazer desistir de buscar o que desejamos.

Mas como lidar com a frustração e reverter esse sentimento, voltando a ter ânimo e esperança para continuar perseguindo nossos sonhos?

Ao longo de toda minha carreira, tenho observado que as pessoas mais bem-sucedidas que conheço não são aquelas que sempre acertaram, trilhando em linha reta um caminho invejável. Nada disso. As pessoas mais vitoriosas são aquelas que tiveram mais resiliência para lidar com as frustrações, sabendo tirar lições importantes dos tropeços e seguindo em frente com mais garra do que tinham antes.

Como elas conseguem reverter uma frustração?

O primeiro passo é reavaliar o seu desejo. Eu realmente queria muito que aquilo tivesse acontecido? Por que era tão importante? Se eu tivesse conseguido, minha vida realmente teria mudado? Ou seria apenas mais um acontecimento que, daqui a algum tempo, passaria despercebido na minha trajetória?

Muitas vezes, nós vamos descobrir que o que desejávamos e não aconteceu nem era tão importante assim.

Um amigo, certa vez, se inscreveu em processos seletivos de duas empresas: passou em um e foi reprovado em outro. Durante muito tempo, ficou se lamentando pela vaga perdida, que oferecia um salário mais alto e mais benefícios. Até que um belo dia ele se deu conta que estava super feliz no novo trabalho, mesmo ganhando um pouco menos.

Outro ponto importante para superar a frustração é adequar seu desejo à realidade. Quando miramos em objetivos irreais, fatalmente nos frustramos.

Um exemplo clássico são as promessas de fim de ano, especialmente as que envolvem perda excessiva de peso. A garota que deseja ostentar corpo de musa fitness esquece que ter a cinturinha igual à da capa da revista exige muitas horas de malhação diária, dieta regrada e, em alguns casos, procedimentos estéticos bem caros.

Quem não tem disciplina, tempo e os recursos necessários dificilmente vai conquistar aquele resultado. Então que tal pensar em um plano de emagrecimento mais realista, que leve em conta sua rotina e as características do seu corpo? Estabelecer metas alcançáveis é fundamental para não desanimar no caminho e realmente conseguir chegar lá.

Você vai dizer que, falando assim, até parece fácil. Mas sabemos como é difícil retomar um projeto frustrado, não é mesmo? Depois que tentamos alcançar um objetivo e não conseguimos, a sensação é que jamais conseguiremos. Então, pensamos que o melhor seria mesmo desistir.

Quando estamos frustrados, tendemos a aumentar o problema e não enxergar saída. E também temos vergonha de expor nosso fracasso ou nossa dor, por isso tendemos a nos isolar e desconfiar de nossa capacidade.

Isso é um grande equívoco. Para sair desse estado derrotista, nada é melhor que conversar com outras pessoas e colher outras visões. Amigos, familiares, colegas ou até mesmo terapeutas sempre podem trazer novas ideias, olhar o problema por outro ângulo, compartilhar experiências e dar dicas sobre como você pode agir para não cometer novamente os mesmos erros.

Por fim, lembre-se de não colocar toda a sua felicidade na dependência do sucesso de um único projeto. Há várias coisas que contribuem para nos fazer felizes, nunca uma só. Não se pode ter tudo e nem controlar tudo. Com isso em mente, vai ficar mais fácil se preparar para os tropeços da vida e evitar a frustração.

Artigo de Américo José para a Folha de S. Paulo

 

Autor Cherto Consultoria

Especialista em franchising e expansão de negócios

Mais posts de Cherto Consultoria

Deixe um comentário