Depois de uma intensa fase de crescimento, é comum que a empresa tenha que se reorganizar. Afinal, depois de conseguir clientes e parceiros para expansão, a melhor forma de conquistar mais resultados é descobrir quais aspectos do negócio podem ser aprimoradas para trazer mais lucratividade. É hora de olhar para dentro da empresa, e não apenas para fora.

Depois de formatar um modelo de negócio inovador e dar abrangência nacional à marca, os sócios do Spoleto decidiram fazer um check-up na rede para arrumar a casa e abrir caminho para uma nova fase de crescimento. Depois disso, incorporou novas marcas ao negócio e continuou o processo de expansão.

Os restaurantes criados pelos cariocas Eduardo Ourivio e Mario Chady sempre foram um sucesso de público. Tem sido assim desde 1992, quando filas se formaram logo na inauguração do Guilhermina Café, a primeira das muitas empreitadas da dupla no ramo gastronômico. Não foi diferente quando, em 1999, eles abriram, numa galeria da zona sul do Rio de Janeiro, o restaurante de culinária italiana rápida Spoleto.

Assim que foi criado, o Spoleto já passou a crescer pelo sistema de franquias. E não demorou também para que aparecessem muitos interessados em abrir uma unidade da marca. Afinal, de um lado, havia uma grande demanda dos consumidores pelo serviço; de outro, existia um modelo de negócio de fácil operação, lucrativo, que se diferenciava da concorrência.

Mas depois de alcançar presença nacional e tornar a marca famosa, os sócios sentiram a necessidade de olhar para dentro da empresa. Já com centenas de franquias em funcionamento, Ourivio e Chady se preocuparam em aprimorar a gestão das unidades para que os resultados financeiros melhorassem. Era preciso colocar a casa em ordem e abrir caminho para uma nova fase, de crescimento sustentável.

Foi então que, em 2004, os sócios contrataram a Cherto Consultoria para realizar um check-up na sua rede de franquias. A equipe da consultoria entrevistou os franqueados para apurar qual era a percepção deles sobre o modelo de negócio, sobre o suporte oferecido pela franqueadora e sobre a gestão da empresa. Nas conversas, o objetivo era detectar oportunidades de melhorar o desempenho das unidades e o funcionamento da franqueadora.

A partir dos resultados das entrevistas e de uma minuciosa análise de desempenho da rede, a Cherto indicou algumas ações que ajudariam a empresa a aprimorar seu sistema logístico e operacional, e mostraram como a franqueadora poderia organizar melhor as finanças das unidades e a estruturar a gestão.

“O check-up da operação de Franchising do Spoleto, que a Cherto conduziu, foi um divisor de águas”, diz Mario Chady. “Posso dizer que o Spoleto era um antes desse Check-up e passou a ser outro – melhor, com mais resultados e mais preparado para os desafios de gerir com eficácia uma rede de franquias. Recomendo a Cherto a qualquer empresa franqueadora que pretenda extrair resultados melhores de sua operação de Franchising.”

O check-up também auxiliou os sócios a criarem uma estrutura matricial para a franqueadora, permitindo que a partir daquele momento várias marcas pudessem compartilhar a mesma infraestrutura – o que logo aconteceu. Ainda em 2004, Ourivio e Chady passaram a representar a rede de pizzarias Domino’s no Brasil. Quatro anos depois, compraram parte da rede especializada em culinária japonesa Koni Store. As empresas, ao lado do Spoleto, hoje fazem parte do Grupo Trigo – que deve encerrar 2013 com cerca de 600 unidades em funcionamento, algumas no exterior. E os restaurantes, ainda hoje, continuam tendo filas na porta.

Empresa: Spoleto

Objetivo do projeto: organizar a gestão da franqueadora e das unidades para iniciar uma nova fase de crescimento sustentável

Resultado: a empresa mudou o funcionamento da logística, aprimorou o controle financeiro e organizou sua estrutura para a franqueadora incorporar novas marcas

Autor Marcelo Cherto

É presidente e fundador do Grupo Cherto (Cherto Consultoria, Franchise Store e Cherto Atco). Mestre em Direito pela New York University, é um dos fundadores da Associação Brasileira de Franchising (ABF), além de membro da Academia Brasileira de Marketing e do Global Advisory Board da Endeavor. Já escreveu 13 livros sobre Franchising e vendas.

Mais posts de Marcelo Cherto

Deixe um comentário

×
Show