Empresas que realizam trabalhos mais complexos ou demandam mão-de-obra muito qualificada costumam ter medo de crescer com velocidade, por acreditar que a imagem da marca poderá ser prejudicada se o trabalho não for bem executado. Usar os processos para transferir esse conhecimento pode ser uma estratégia bem eficiente para expandir mantendo a qualidade.

A fabricante de brinquedos Lego e sua parceira educacional Zoom adotaram o sistema de franquias como forma de difundir sua metodologia de aprendizagem sem comprometer a qualidade do ensino e a imagem da marca Lego. Deu tão certo que, em quatro anos, o programa Lego Zoom conquistou mais de 1,6 milhões de alunos e foi replicado em outros países.

Nos últimos anos, a gigante dinamarquesa Lego inovou em sua metodologia de aprendizagem ao incorporar um modelo de negócio que nasceu aqui no Brasil: a Zoom. A empresa foi criada em 1996 pelo goiano Marcos Wesley para revender com exclusividade os kits educacionais da Lego, acompanhados de apostilas didáticas feitas por ele. Dois anos depois, os parceiros se uniram – e nasceu a Lego Zoom. Com ajuda da Cherto Consultoria, a partir de 2009, o negócio passou a realizar sua expansão pelo sistema de franquias.

No início, quando se tornou representante exclusivo dos produtos educacionais da Lego no Brasil, Wesley vendia aos colégios kits com peças da Lego e uma apostila de ensino para os professores. Em pouco tempo, o empresário reestruturou sua forma de remuneração e deu novo impulso ao negócio: ele passou distribuir os brinquedos às escolas gratuitamente, contanto que elas incorporassem as apostilas didáticas à lista de material escolar.

O modelo se mostrou bem sucedido. O desafio passou a ser vender mais apostilas sem que isso prejudicasse a qualidade do serviço prestado pela empresa. Mas como seria possível ganhar escala e, ao mesmo tempo, garantir que o modelo educacional fosse reproduzido com fidelidade nas escolas, mantendo a excelência do ensino e preservando a imagem da marca Lego? Para os consultores da Cherto, a resposta estava no sistema de franquias. “A essência do Franchising está na criação de processos que possam ser replicados por terceiros, em qualquer lugar do mundo, preservando os diferenciais da empresa e garantindo a mesma experiência de consumo aos clientes”, diz Fernando Campora, sócio do Grupo Cherto.

A Cherto criou um modelo de franquia, voltado para investidores, em que o franqueado adquire o direito de oferecer os produtos da marca em uma determinada localidade do país. Aos professores da região, por sua vez, é dado treinamento para aplicar as soluções de aprendizado extracurriculares em escolas, clubes e outras instituições. Dessa forma, a empresa conseguiu multiplicar tanto o número de vendedores que podem levar os materiais a mais escolas quanto o número de professores capacitados para ensinar crianças e jovens.

A empresa trabalha hoje com três programas educacionais principais: o Zoom, o Líder e o Genius. O programa Zoom visa relacionar o desenvolvimento de competências aos conteúdos disciplinares, de forma prática e lúdica. Já o programa Líder aborda conteúdos extracurriculares, com foco no desenvolvimento de conceitos de liderança e de empreendedorismo. E o programa Genius, também com conteúdos extracurriculares, usa conceitos de robótica educacional para desenvolver habilidades para trabalho em equipe e iniciação científica tecnológica.

Quatro anos depois do início das franquias, mais de 1,6 milhão de alunos já estudaram com os materiais da empresa – inclusive alguns adultos. Em parceria com o Grupo Lego da Dinamarca, a Zoom também já exportou sua proposta educacional para Argentina, México, entre outros países. A expansão agora visa outros países da América Latina.

“A flexibilidade de se colocar no lugar do empreendedor, entendendo seus anseios, demandas e desafios, faz da Cherto uma grande parceira. Propondo soluções criativas e caminhos que nos levam à tomada decisões e assunção de riscos com considerável segurança. A Cherto proporciona a confiança necessária para seguirmos adiante, com a certeza de estarmos respaldados pelo conhecimento e competências que nos garantirão o sucesso”, diz Marcos Wesley, presidente da Lego Zoom.

Empresa: Lego Zoom

Objetivo do projeto: expandir a atuação da empresa mantendo a excelência do ensino e preservando a imagem da marca Lego

Resultado: com as franquias, a empresa conseguiu levar com sucesso sua metodologia de aprendizagem a 1,6 milhão de alunos de diversos países

Autor Marcelo Cherto

É presidente e fundador do Grupo Cherto (Cherto Consultoria, Franchise Store e Cherto Atco). Mestre em Direito pela New York University, é um dos fundadores da Associação Brasileira de Franchising (ABF), além de membro da Academia Brasileira de Marketing e do Global Advisory Board da Endeavor. Já escreveu 13 livros sobre Franchising e vendas.

Mais posts de Marcelo Cherto

Deixe um comentário

×
Show